4 maneiras certeiras de combater o estresse

Como combater o estresseO estresse pode ser caracterizado por sensações de medo, desconforto, preocupação, irritação, frustração, indignação, nervoso, e pode ser motivado por diversos motivos distintos.

E o estresse em mulheres vem crescendo a cada dia. As causas são diversas como longas horas de trabalho, rotina puxada ou simplesmente preocupações demais.

E o estresse prolongado pode levar a mulher a desenvolver ou agravar doenças como a hipertensão, úlceras, distúrbios adicionais intermediados pelo estresse como a infertilidade, a tensão pré-menstrual e a ansiedade.

E o texto de hoje é para mostrar como você mulher pode combater o estresse do seu dia a dia.

1- Consumir os alimentos certos

A alimentação é o remédio para todos os problemas, e para o estresse não é diferente.

Ter pratos equilibrados ajuda o organismo de muitas formas. Ter um consumo adequado de gorduras, carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais é essencial para o bem-estar do organismo.

Afinal, se o nosso organismo recebe diariamente esses nutrientes essenciais, por meio da alimentação, naturalmente ele irá funcionar melhor, aumentando a energia e vitalidade que precisamos para enfrentar os problemas do cotidiano.

E existem certos alimentos que são considerados anti-estresse por regular os níveis de cortisol a níveis normais, após momentos estressantes. Além disso, existem certos alimentos que ajudam na liberação de hormônios que provocam o prazer e bem-estar.

Alguns destes alimentos conhecidos como anti-estresse é a laranja, pepino, morango, cacau, amêndoas, abacate, salmão, batata-doce e espinafre.

2- Dormir bem

Dormir ajuda combater o estresseDormir bem é um importante recurso para nos manter mentalmente despertos e que nos permite lidar com o stress de maneira mais efetiva.

E infelizmente, poucas pessoas dão o devido valor ao sono. Afinal, quando estamos descansados, temos uma maior clareza nos pensamentos e uma habilidade maior para reagir aos estímulos agressores.

Infelizmente, níveis altos de estresse pode impedir que você durma o número de horas adequado, ou seja, ele atrapalha a qualidade do seu sono. Além disso, o estresse pode aumentar o risco de insônia.

Algumas dicas para dormir bem:

  • Coma alimentos ricos em proteína e magnésio durante a noite;

  • Tente meditar antes de dormir;

  • 30 minutos antes de dormir, desligue o celular e as luzes;

  • Crie um ambiente totalmente escuro;

  • Evite a cafeína 8 horas antes de dormir.

3- Faça sexo

Fazer sexo é uma ótima maneira de combater o estresse. O motivo é que durante o ato sexual são liberadas endorfinas que ajudam a aliviar a tensão e a reduzir o nível de estresse.

A endorfina é neurotransmissor, assim como a noradrenalina, a acetilcolina e a dopamina, e é uma substância química utilizada pelos neurônios na comunicação do sistema nervoso. Ela atua no humor, amenizando o estresse, ansiedade e depressão.

Se você é uma mulher que deseja melhorar a qualidade do seu sexo, consuma alimentos afrodisíacos que podem aumentar seu apetite sexual. Certos alimentos podem ser mais eficazes do que o Azulzinho feminino, por exemplo.

Alguns desses alimentos afrodisíacos são a banana, pimenta vermelha, cacau, alho, aspargo, mel, amendoim, amêndoas, abacate, gengibre e melancia.

Mas se você sofre de impotência feminina, a melhor escolha é procurar um médico para que ele passe o melhor tratamento para seu caso.

4- Pratique alguma atividade física

Praticar atividade física ajuda combater o estresseFazer atividade física traz muitos benefícios e um deles é combater o estresse.

O motivo é que durante a atividade física o corpo faz a liberação de hormônios que otimizam o funcionamento do corpo.

A adrenalina age na redução do estresse, o cortisol atua como anti-inflamatório, o glucagon aumenta a quantidade de glicose no fígado, o GH que transmite bem-estar e melhora a qualidade do sono, que é outro fator para combater o estresse.

Além disso, a prática de atividades físicas também contribui para a redução da pressão arterial e dos níveis de colesterol, controle da diabetes, melhora na capacidade pulmonar, na flexibilidade das articulações e no fortalecimento muscular e ósseo.